Câmera é capaz de reajustar o foco mesmo após a gravação

Desenvolvida pela Lytro, a câmera possui um sistema que permite capturar a luz em diversos ângulos, o que possibilita realizar diversas alterações após a captura de vídeo. Esta não é a primeira tentativa de introdução deste tipo de câmera no mercado, onde desde 2011 a Lytro apresentou equipamentos capazes de realizar tais funções em fotografias.

Denominado Lytro Cinema, o equipamento foi desenvolvido com foco no publico profissional. Composto por 60 câmeras com capacidade de captura em resolução 4K com 755 megapixels à 300 frames por segundo, formando um grande sensor, o dispositivo consegue registrar todos os ângulos de luz presentes na cena. Dessa forma um modelo 3D é criado, o que possibilita fazer diversas alterações após a filmagem com a ajuda de um software disponibilizado pela Lytro, como o próprio reajuste de foco. Dentre tantas alterações, a câmera ainda permite eliminar o uso do chroma key, ou seja, pode isolar certos elementos presentes na cena para realizar alterações na pós-produção.

Gravação realizada pela Lytro Cinema
Gravação realizada pela Lytro Cinema

Como inconveniente a câmera possui o singelo tamanho de uma banheira, além de que 1 segundo de gravação ocupa aproximadamente 400 gigabytes de dados, necessitando assim de um servidor para armazenar os arquivos. O equipamento poderá facilitar muitos processos de pré-produção, diminuindo o tempo necessário para todos os ajustes de foco de cena e preparação do cenário que receberá o chroma key, diminuindo os gastos com tempo de locação de espaços e preparação dos mesmos.

 

Para maiores acesse: Gizmodo, Technology Review .

Câmera é capaz de reajustar o foco mesmo após a gravação

Aluno do 2º ano de Engenharia da Computação e estagiário no Núcleo de Computação Embarcada da Universidade Positivo (NCE).

Classificado como:                

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *