Elevador espacial

Muitos cientistas e engenheiros ao redor do mundo acreditam que a construção de um elevador espacial poderia acelerar o processo de exploração espacial realizado pela humanidade, reduzindo drasticamente os custos de levar equipamentos e pessoas ao espaço.

Os elementos necessários para construir um elevador são, âncora, contrapeso, ascensor e o cabo. A âncora seria a estrutura construída na superfície da terra para fixar todos os outros elementos que compões o elevador, o contrapeso é a peça que mantém o cabo tensionado e deve permanecer na orbita da terra, a própria estação espacial poderia ser o contrapeso, o ascensor é o elemento de transporte de cargas, este deve possuir um reator nuclear que poderá fornecer a energia necessária para atingir o espaço e o cabo, visto por muitos como o elemento mais difícil de ser construído pois este deverá ter uma extensão de 36.000km, apresentar uma resistência e estabilidade maior do que qualquer outro elemento encontrado na terra. Desta forma, o material que será utilizado no cabo deverá ser confeccionado em laboratório, como exemplo temos materiais como o grafeno e os nanofios de diamante, mas até mesmo estes ainda não oferecem as especificações exigidas para o projeto.

Ao analisarmos o projeto sob o ponto de vista econômico, um elevador espacial poderia reduzir e muito o custo de viagens espaciais, atualmente o custo médio para transporte espacial atinge um valor próximo aos US$ 20.000 por quilograma de carga, em quanto o elevador faria a viagem ao preço de US$ 200.

Obviamente a construção de uma estrutura com 36.000 km seria a maior e mais complexa obra de engenharia já realizada pela humanidade, muitos especialistas apontam que o primeiro passo seria construir um elevador na lua, pois a baixa gravidade e pressão atmosférica tornariam mais fácil a construção onde materiais como o Kevlar poderiam ser utilizados para a construção do cabo de elevação, com isso teríamos um modelo de exemplo para identificar os erros e acertos de projeto antes de construí um definitivo na terra.

 

Para mais informações, acesse: Gizmodo

 

Elevador espacial

Aluno do 4° ano de Engenharia da Computação da Universidade Positivo, estagiário no Núcleo de Computação Embarcada. Sócio fundador da empresa LEV3D.

Classificado como:    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *