Nanomotor

Desenvolvido pelo pesquisador Johannes Robnagel da Universidade de Mainz, Alemanha, o menor motor do mundo foi construído utilizando apenas um átomo, e a energia produzida pela oscilação do mesmo pode ser medida e com base nos primeiros resultados esta tecnologia se mostra muito promissora para o futuro.

O motor foi construído utilizando um átomo de Cálcio eletricamente carregado, que foi exposto a variações bruscas de temperatura, o aquecimento do átomo foi realizado por meio da alta taxa de oscilação de um campo elétrico muito potente, em seguida a partícula foi resfriada por um laser, essa variação de temperatura faz com que o átomo libere uma grande quantidade de energia. A energia liberada pelo motor atingiu a ordem de 3,4 × 10-22 joules por segundo (J/s) e uma eficiência ո=0.28%, esta energia pode ser convertida em trabalho e assim tornar este motor realmente funcional.

Essa pesquisa representa um enorme avanço para o campo da nanotecnologia, pois através dela no futuro poderemos ter motores mais eficientes e que não produzam resíduos nocivos ao meio ambiente.

 

Para mais informações, acesse: Inovação Tecnológica

 

Nanomotor

Aluno do 4° ano de Engenharia da Computação da Universidade Positivo, estagiário no Núcleo de Computação Embarcada. Sócio fundador da empresa LEV3D.

Classificado como:        

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *