Robô criado em Harvard ensina crianças a programar

Imagem: Gizmodo US

Levar o ensino de programação para as crianças é uma ótima ideia, mas não é sempre fácil. Agora, uma equipe de pesquisadores da Harvard desenvolveu este pequeno robô, chamado de Root, que é projetado para tornar o código escrito uma experiência mais tangível.

Root se parece muito com o Roomba, o robô doméstico que aspira de forma autônoma nossas residências. A equipe em Harvard, segundo o Wired, está trabalhando no projeto a mais de dois anos. A equipe afirma que o robô hexagonal  é projetado para instruir qualquer pessoa, desde uma criança de cinco anos de idade até para um programador intermediário.

O que ele faz e tem exatamente?

Ele é realmente muito versátil, permitindo que o usuário programe-o para desenhar tanto ícones gráficos com uma linguagem simples como zero do MIT, ou mesmo código avançado como Javascript.

Ele tem sensores de posição e de direção para saber onde está indo, painéis magnéticos para que ele possa andar em paredes verticais de metal e quadros brancos, sensores de cor ao longo do seu material, luz e sons e sensores de entrada e saída, e um pára-choque sensível ao toque torno de sua borda. E ele pode receber uma caneta no meio do seu corpo para desenhar na superfície abaixo.

Assim, ele pode ser programado para, digamos, desenhar padrões bonitos em um lousas, realizar corridas contra outros Roots, ou aprender a atravessar uma sala sem bater nas paredes. Mas, a alegria está no fato de que um pouco de imaginação pode criar mais aplicações do que os criadores jamais imaginaram realizar. Basta olharmos para o Raspberry Pi.

Para mais informações acesse o US.Gizmodo.

Robô criado em Harvard ensina crianças a programar

Aluno do 5º ano do curso de Engenharia da Computação da Universidade Positivo e estagiário do Núcleo de Computação Embarcada.

Classificado como:                        

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *