Em 2018 a Space X deseja ir a Marte

Fundada pelo bilionário Elon Mask, a Space X é uma empresa pioneira que atua no setor aeroespacial, destaca-se como sendo uma das primeiras empresas privadas a conseguir colocar um satélite em orbita, e soma conquistas tecnológicas capazes de impressionar até mesmo a Nasa.

Um dos feitos memoráveis da Space X, foi a tecnologia que permitiu que um foguete aterrissa-se novamente em sua base de lançamento, após colocar um satélite em orbita. Toda essa tecnologia foi desenvolvida pelos cientistas e engenheiros da própria empresa, que utiliza recursos financeiros próprios para desenvolver seus projetos, não contando com o apoio do governo.

O novo desafio tecnológico que a empresa deseja realizar foi proposto pelo próprio fundador, a Space X planeja aterrissar em Marte no ano de 2018. Para isso, a empresa tem como objetivo desenvolver uma nova classe de foguetes, um modelo mais potente e que consiga transportar mais carga. Atualmente o modelo usado é o Falcon 9, esse deve ser substituído pelo Falcon Heavy, modelo em desenvolvimento.

A missão a Marte contará com uma nave capaz de aterrissar no planeta vermelho, essa nave que recebeu o nome de Dragon 2. Os desafios de uma viajem a Marte são enormes, atualmente a única empresa que possui tecnologia para isso é a Nasa, a Space X terá que desenvolver sistemas de controle de aterrissagem que permitam uma desaceleração gradual da sua nave, pois como a gravidade de Marte é mais fraca, a pressão atmosférica é menor, com isso no momento do pouso, a temperatura a qual a nave será imposta é muito alta, a fuselagem da nave precisará de uma proteção que resista a variações extremas de temperatura.

Se conseguir, a Space X inaugurará um novo segmento na exploração espacial, pois será a primeira empresa de capital aberto capaz de realizar viajem a outros mundos, ou seja, uma empresa que não conta com recursos governamentais e que ainda assim é capaz de desenvolver a sua própria tecnologia para aterrissar em Marte.

 

Para mais informações, acesse: Tecmundo

 

Em 2018 a Space X deseja ir a Marte

Aluno do 4° ano de Engenharia da Computação da Universidade Positivo, estagiário no Núcleo de Computação Embarcada. Sócio fundador da empresa LEV3D.

Classificado como:            

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *