Roupa refrigerável

Desenvolvida pelo pesquisador Guangzu Zhang, da Universidade da Pensilvânia, nos EUA, um tecido capaz de refrigerar o corpo humano através de nanofios que possuem como característica a queda de temperatura ao serem induzidos por um campo elétrico.

Os nanofios foram construídos com materiais eletrocalóricos como o Titanato de Estrôncio e Bário e utilizando apenas uma pequena bateria, essa roupa é capaz de manter uma temperatura próxima aos 14°C por um período de duas horas, o material foi cuidadosamente produzido para operar com uma baixa corrente elétrica, para assim não oferecer riscos à saúde humana. O desafio agora é desenvolver um sistema que permita remover o calor gerado pelo processo de refrigeração igual ao sistema encontrado no ar-condicionado comum.

Esta tecnologia já começa a despertar o interesse de equipes esportivas que planejam incorporar esta roupa a atletas que praticam esporte sobre temperaturas extremamente altas, esta roupa também pode ser muito útil para os bombeiros, que precisam enfrentar incêndios para salvar pessoas.

Para mais informações, acesse: Inovação Tecnológica

 

Roupa refrigerável

Aluno do 4° ano de Engenharia da Computação da Universidade Positivo, estagiário no Núcleo de Computação Embarcada. Sócio fundador da empresa LEV3D.

Classificado como:            

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *