Aplicação de pixels metálicos impedem o desbotamento de imagens

A criação de pixels metálicos sobre as imagens(conhecidos por pixels plasmônicos), permitem que imagens não desbotem com o tempo. A técnica já  era utilizada para a criação de imagens simples com pequenos micrômetros e filtros bloqueadores de telas para as cores vermelho, verde e azul. Entretanto pesquisadores da Universidade de Melbourne conseguiram utilizar a técnica para a criação de imagens coloridas e detalhadas.

Os pixels plasmônicos são criados a partir de um arranjo de nano-antenas de alumínio, produzindo as cores ao emitir ou absorver diferentes comprimentos de ondas, conseguindo uma gama de até 200.000 cores. As cores são geradas a partir do tamanho das antenas, enquanto  sua distância ao substrato determina sua saturação.

pixelplasmonico
Imagem produzida pelos pesquisadores à esquerda e comparações à direita

A imagem produzida pelos cientistas mede aproximadamente 1,5cm entre diagonais, o que  representa grande avanço ao demonstrar uma escala superior às criadas anteriormente. Esta composição permitiria uma melhor preservação de documentos e imagens, uma vez que o desbotamento é um processo natural. O aperfeiçoamento no método de aplicação poderia tornar seu uso viável à grande maioria das pessoas que desejam preservar seus documentos e imagens valiosas.

 

Para maiores informações acesse: Gizmodo

Aplicação de pixels metálicos impedem o desbotamento de imagens

Aluno do 2º ano de Engenharia da Computação e estagiário no Núcleo de Computação Embarcada da Universidade Positivo (NCE).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *