NASA testa nova tecnologia de internet

A demanda de internet no espaço é relativamente alta, entretanto seu funcionamento é significativamente diferente, uma vez que não há uma grande rede de conexões físicas e os dispositivos estão separados por grandes distâncias. Seu funcionamento é dado então por pontos de conexão (links), os satélites. A grande dificuldade e limitação dessas conexões é o fato de, até o momento, ser necessário que o link esteja ativo no momento da recepção e transmissão de dados, o que nem sempre é possível pela existência de diversos corpos que possam estar pelo caminho.

Para aumentar a velocidade de transmissão, a NASA acaba de iniciar os testes com a tecnologia DTN (Disruption Tolerant Networking) no ISS, o que possibilita a transmissão de dados  por pacotes, onde certa quantidade de dados é armazenada em cada link até que o próximo esteja ativo para transmissão. Este tecnologia não é exatamente nova e vem sendo testada à muitos anos pela NASA mas esta é a primeira grande aplicação dela.

Enquanto a ISS não sofre com grandes problemas de conexão. uma vez que ela está relativamente bem posicionada, a tecnologia tem grandes usos para a comunicação com dispositivos localizados à grandes distâncias, como sondas e robôs. A utilização do DTN poderá acelerar a velocidade na transmissão de dados, uma vez que não será mais necessária a ativação de todos os links simultaneamente para a troca de informações, possibilitando maior disponibilidade de conexão com as sondas, facilitando e agilizando o trabalho dos pesquisadores.

 

Para maiores informações acesse: Engadget

NASA testa nova tecnologia de internet

Aluno do 2º ano de Engenharia da Computação e estagiário no Núcleo de Computação Embarcada da Universidade Positivo (NCE).

Classificado como:            

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *