Luva robótica para o auxilio de operários

Em parceria com a BioServo, a General Motors está trabalhando em uma adaptação da luva robótica da NASA para seus operários, visando assim reduzir os danos por carga excessiva ou esforço repetitivo. A luva pertencente a NASA é utilizada na ISS para o auxilio de trabalhos manuais, onde é requerida maior precisão em longas jornadas de trabalho.

A luva em desenvolvimento contém uma série de sensores que identificam quando o usuário utiliza certa força, ativando assim atuadores comparáveis à tendões artificiais de forma a facilitar o serviço. Utilizando baterias, estas que serão localizadas no quadril do usuário, a GM garante horas de duração. Mesmo em pequena escala, as luvas podem representar um grande avanço para o desenvolvimento de exoesqueletos de assistência.

GM-nasa-space-glove

Ainda nesta parceria, a BioServo pretende disponibilizar a luva comercialmente, visando principalmente a reabilitação médica. O desenvolvimento desta luva pode significar um grande passo para a popularização dos equipamentos assistentes, demonstrando também a necessidade de exoesqueletos em diversas áreas, como diferencial e facilitador.

 

Para maiores informações acesse: Interesting Engineering

Luva robótica para o auxilio de operários

Aluno do 2º ano de Engenharia da Computação e estagiário no Núcleo de Computação Embarcada da Universidade Positivo (NCE).

Classificado como:            

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *