Medidor de Distâncias

Ser calouro de Engenharia não é bem uma das coisas mais fáceis do planeta, mas ao menos podemos dizer que é divertido e desafiador. No primeiro ano de Engenharia da Computação os alunos são desafiados a desenvolver equipamentos robustos com eletrônica embarcada e programação, mesmo não conhecendo profundamente as áreas, e o resultado é brilhante.
No vídeo e nas fotos deste post é possível observar o resultado de um trabalho de 2 meses, um medidor de distância com roda. Os alunos foram desafiados e medir um dos eixos do campus da Universidade Positivo com suas engenhocas. Para desenvolver seus dispositivos muitas ideias afloraram: usar sensores de efeito Hall, sensores de luminosidade, chaves fins de curso, infravermelho, motores, etc… E o resultado? Além de uma chuva de novas ideias, medidas com apenas 1 metro de diferença da distância real.

Parabéns aos alunos que desde o primeiro ano já estão conquistando seu espaço!

 

Medidor de Distâncias

Doutorando e Mestre em Engenharia Elétrica e Informática Industrial (área de concentração: Engenharia Biomédica) pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (2012) e graduado em Engenharia da Computação pela Universidade Positivo (2010). Atualmente professor do curso de Engenharia da Computação da Universidade Positivo. Atua principalmente nas áreas de Engenharia de Reabilitação, Informática Educacional, Arquitetura de Computadores e Sistemas Embarcados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *