Nova aplicação de pesticidas apresenta maior fixação

A baixa porcentagem na fixação de pesticidas em plantas é dada principalmente pela característica hidrofóbica presente nelas, sendo estas capazes de repelir água e consequentemente os pesticidas. Essa repulsão é capaz de gerar um desperdício de até 98% do material, que consequentemente acaba poluindo os solos e rios.

Com este cenário em mente, pesquisadores do MIT desenvolveram um novo método de aplicação capaz de reduzir este repelimento em até 90%. Esta aplicação resume-se em separar o pesticida em duas partes, cada qual misturada à um polímero carregada com cargas elétricas positivas ou negativas. A aplicação conjunta é então realizada, permitindo que o pesticida reduza o repelimento, apresentando maior fixação .

Além de apresentar uma alta economia com eficiência, o custo final para o produtor não deverá sofrer alterações. Estes fatores aliados permitirão menores desperdícios e contaminações, sem prejudicar o fluxo normal de produção. Esta nova aplicação demonstra que é possível melhorar significativamente a eficiência dos pesticidas sem realizar grandes alterações em suas fórmulas.

 

Para maiores informações acesse: Engadget

Nova aplicação de pesticidas apresenta maior fixação

Aluno do 2º ano de Engenharia da Computação e estagiário no Núcleo de Computação Embarcada da Universidade Positivo (NCE).

Classificado como:        

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *