Músculos artificiais

Pesquisadores australianos desenvolveram um novo tipo de material similar a uma fibra muscular, este material foi construído a base de nanotubos de carbono, e tem como objetivo ser utilizado para a reconstrução de músculos danificados em pessoas que sofreram algum tipo de acidente.

Seguindo o princípio de funcionamento de um músculo, que possui a propriedade de contrair-se quando a fibra muscular é percorrida por uma corrente elétrica, o material sintético é capaz de realizar à mesma ação, e essa característica o torna um dispositivo que possui diversas aplicações, desde a substituição de sistemas pneumáticos encontrados em braços mecânicos, até mesmo o implante em pessoas com a finalidade de reconstruir músculos danificados.

A equipe já realizou um primeiro implante deste músculo artificial, ele foi utilizado na reconstrução do joelho de um paciente. A equipe pretende estender as aplicações deste dispositivo, principalmente na área médica.

 

Para mais informações, acesse: Inovação Tecnológica

 

Músculos artificiais

Aluno do 4° ano de Engenharia da Computação da Universidade Positivo, estagiário no Núcleo de Computação Embarcada. Sócio fundador da empresa LEV3D.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *