NASA está trabalhando em um robô para mineração

Denominada RASSOR a nova sonda da NASA é diferente de tudo que ela desenvolveu até então. Visando solucionar possíveis problemas em futura missões espaciais, o robô é destinado à mineração, coletando recursos necessários para água, oxigênio e combustível para foguetes.

Como afirma Rob Mueller, tecnólogo sênior na KSC’s Surface Systems, a sonda é diferente de tudo que a NASA vem desenvolvendo, não sendo destinada à carregar diversos instrumentos científicos frágeis, sendo ela capaz de cavar, escalar e girar, além de conseguir desvirar sozinha caso acidentes aconteçam. Todas estas características levaram a própria agencia espacial à apelidar a sonda de “robô operário”.

Ainda não há uma previsão para que o robô entre em operação, entretanto já são previstas operações com grande carga horária, chegando a turnos de dezesseis horas. Possuindo uma capacidade de carga de até dezoito quilos ele será cerca de cinco vezes mais veloz que a sonda Curiosity. Este pode ser o marco inicial da exploração mineradora espacial, possibilitando não só a exploração comercial de recursos, como também a preparação do terreno para possíveis viagens à outros planetas.

 

Para maiores informações acesse: Gizmodo

NASA está trabalhando em um robô para mineração

Aluno do 2º ano de Engenharia da Computação e estagiário no Núcleo de Computação Embarcada da Universidade Positivo (NCE).

Classificado como:        

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *