Robôs com absorção de choque são mais seguros e precisos

Robôs mais sofisticados não são aqueles que apresentam apenas maiores velocidades ou fineza, eles também precisam demonstrar segurança. Pensando nisso, o laboratório CSAIL do MIT desenvolveu robôs deformáveis que apresentam uma pele maleável que age de forma a absorver impactos. A técnica para sua produção resume-se em imprimir um “material viscoelástico programável”, onde todos os aspectos da pele podem ser configurados.

A produção do material é extremamente prática, efetuada em uma impressora 3D,  o que reduz as horas de engenharia empregadas em personalização, além de possibilitar uma configuração específica de elasticidade para cada caso, onde sua composição é feita à partir de materiais sólidos, líquidos e uma substância semelhante a borracha denominada TangoBlack+. A aplicação desta pele permite que os robôs reduzam os danos sofridos em possíveis quedas, além de serem mais macios, o que resulta em maior delicadeza em movimentos de interação humana ou com objetos.

O material em si, por mais que focado atualmente na área da robótica, apresenta grade potencial em diversas áreas da indústria, como equipamentos mais resistentes à quedas ou voltados à segurança, apresentando maior eficiência.

 

Para maiores informações acesse: Engadget

Robôs com absorção de choque são mais seguros e precisos

Aluno do 2º ano de Engenharia da Computação e estagiário no Núcleo de Computação Embarcada da Universidade Positivo (NCE).

Classificado como:        

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *