Bolsa Utilizando Conceitos de Computação Vestível e IoT Voltada para Interação e Entretenimento

Bolsa Utilizando Conceitos de Computação Vestível e IoT Voltada para Interação e Entretenimento

Leonardo Basso Guimarães e Vinícius Gabriel Mendes De Souza

Orientador José Carlos da Cunha


RESUMO: Segundo o artigo de Wearable Devices and the Internet of Things , a computação vestível (Wearable) é um tema que tem estado presente em praticamente todas as discussões relacionadas à IoT. Seu conceito baseia-se na utilização de novas tecnologias que podem ser aplicadas em roupas e acessórios com as mais diversas aplicações . Segundo um relatório da Cisco, divulgado pelo CEO John Chambers durante a Mobile World Congress, a indústria da Internet das Coisas (IoT) forma um mercado em ascensão que deve movimentar mais de 300 bilhões de dólares até 2020, e chegar a um total de 50 bilhões de dispositivos, podendo movimentar ainda 19 trilhões de dólares em benefícios econômicos para o setor. Pode-se observar a ascensão e o grande aumento de demanda dos consumidores neste mercado por meio da publicação The Wearables Report, no qual consta que o mercado global de Computação Vestível tem um crescimento estimado em 35% ao ano para os próximos cinco anos. Apesar disto, ainda são poucas as empresas que fazem parte desta ascensão. Mesmo sendo poucas empresas, estas são consideradas como inovadoras e de grande impacto, como por exemplo a Nike (BLOOMBERG, 2014), Mizuno (THE WALL STREET JOURNAL, 2015), Microsoft (MIT Technology Review, 2015), Dell (THE GUARDIAN, 2015), e já presente no setor de moda, a Ralph Lauren (THE NEW YORK TIMES, 2014).

Aproveitando o momento atual e ideal para fazer parte desta ascensão do mercado, o trabalho proposto consiste no desenvolvimento de uma bolsa inovadora seguindo o conceito de Computação Vestível e IoT para interação entre o usuário e o ambiente. Esta bolsa visa a inovação na indústria da moda por meio de suas tecnologias que chamam a atenção devido a seu comportamento, que engaja o usuário com o ambiente, por meio de suas reações luminosas, processamento de áudio, e interação por meio de seu aplicativo móvel integrado ao Facebook.