Assertividade – Comunicação eficaz traz resultados

Saiba mais sobre uma das principais habilidades exigidas pelo mercado, marca dos profissionais de sucesso

Bons profissionais são bons comunicadores. Essa é uma característica que contribui – e muito – para o sucesso na carreira, pois a mensagem passada com objetividade, precisão e brevidade pode ser decisiva em muitos negócios e relacionamentos.

Em algumas ocasiões – as quais já devem ter acontecido com você – a mensagem transmitida não é recebida de acordo com o objetivo do interlocutor, e, dessa maneira, acontecem ruídos prejudiciais para as relações e realizações de tarefas. Por isso, a primeira noção para a assertividade é a de que a comunicação se efetiva na compreensão do receptor da mensagem: mais importante do que aquilo que você fala, é o que o outro entende.

E, no universo do trabalho, essa noção é essencial. Um bom comunicador não necessariamente é aquele com a voz mais grave ou que não tenha timidez em frente de uma plateia, mas, sim, aquele que consegue passar sua mensagem seguindo um objetivo, com coerência e atenção ao outro.

Comunicação assertiva

Esse conceito é conhecido como comunicação assertiva, definido como expressar diretamente as opiniões e informações, mas sem ser agressivo ou evasivo. Assim, se consegue passar exatamente a mensagem desejada, de imediato, minimizando problemas e melhorando o relacionamento interpessoal.

Para isso, o falar tem que ter a intenção de ir ao encontro do outro e de fazer o possível para que quem ouve entenda a mensagem em todo seu conceito. Assim, uma das premissas de um bom comunicador é ter atenção ao outro, sabendo adequar a mensagem ao receptor e ao ambiente.

Afinal, já dizia Drummond: “Ouvir, naturalmente, é algo muito mais complicado do que o processo físico de audição ou de escutar. A audição se dá através do ouvido, enquanto o ouvir implica num processo intelectual e emocional que integra dados ou ‘inputs’ físicos, emocionais e intelectuais, na busca de significado e compreensão. O ouvinte eficaz escuta não só as palavras em si, como também observa e percebe seus significados subjacentes”.

Pensando nisso, é evidente que a linguagem corporal também faz grande diferença na comunicação assertiva. A expressão facial e a gesticulação complementam o significado da informação. Em todo processo de comunicação interpessoal, o corpo expressa um sentimento e a coerência entre o que se fala e o que se expressa corporalmente facilita o entendimento entre as duas pessoas.

Comunicadores com alto poder de persuasão e carisma conseguem unir a capacidade de ter transparência e verdade no que querem passar para o outro e têm consciência corporal e de vocabulário para atingir seus objetivos.

Não é somente na fala que a comunicação deve ser eficiente. A boa escrita também é necessária em qualquer área, pois o sucesso comunicativo inclui habilidades de ler, raciocinar e escrever. O conhecimento do vocabulário também contribui para a qualidade da comunicação.

Desenvolvendo a habilidade

Tanto ouvir quanto escrever e falar podem ser treinados e, com isso, é possível desenvolver a comunicação assertiva.

Portanto, lembre-se dessas dicas:

  1. Tenha conhecimento sobre a informação que irá passar. Pense na melhor forma para construir sua mensagem. Especifique ao invés de generalizar. Foque em um ou dois temas por vez. 
  1. Seja direto e objetivo e prefira descrever ao invés de avaliar. A informação passada com clareza tem mais chances de ser entendida mais facilmente. 
  1. Preste atenção ao outro. Saber ouvir é primordial para ser bom comunicador. 
  1. Aprimore seu vocabulário. Preste atenção às normas ortográficas. 
  1. Trabalhe a linguagem corporal. O que a voz diz o corpo deve complementar. 
  1. Controle a emoção. Aposte no bom humor e entusiasmo. Evite a agressividade e tenha empatia. 
  1. Pratique, pratique, pratique. Aprende-se a escrever escrevendo e a falar falando. Exercite a comunicação de forma direta e objetiva. 
  1. Certifique-se de que o interlocutor entendeu a mensagem que você tentou passar. Finalize a conversa com perguntas como: como isso fica para você? Assim, você terá um feedback sobre o entendimento do outro. 
  1. Peça feedback sobre sua forma de comunicar a amigos e pessoas mais próximas, as quais serão sinceras em suas opiniões. Ouça-as com atenção, pondere os pontos levantados e avalie como você pode melhorar.

  


2 comentários sobre “Assertividade – Comunicação eficaz traz resultados

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *