Como o impeachment pode influenciar seus investimentos?

Desde dezembro do ano passado, o cenário político do Brasil vive momentos de incertezas

No último dia de agosto, teve fim os trâmites para destituir Dilma do cargo de chefe de Estado. Michel Temer, seu vice, assume agora como o novo presidente do Brasil. Os impactos dessas mudanças estão sendo esperados com receio, especialmente por investidores.

O mercado financeiro já vinha olhando para o país com desconfiança, visto que uma expressiva desaceleração econômica perdura na maior economia da América do Sul. Aumento da inflação e desemprego em alta são alguns dos fatores que deixaram os brasileiros em uma situação complicada. Esses elementos, somados aos conturbados acontecimentos de agosto, fazem com que muitas pessoas acreditem que é hora de apertar os cintos e evitar investir dinheiro.

Engana-se quem pensa assim! Agora é o momento ideal para aproveitar as oportunidades que o mercado pode oferecer. O fim do processo de impeachment pode trazer uma intensa volatilidade para os mercados de juros, dólar e ações. E essa oscilação de preços pode influenciar bastante no modo com que você vai aplicar seu dinheiro daqui para frente. Sabe por quê? A conclusão dos procedimentos de impeachment pode abrir possibilidades impressionantes de realizar lucros.

O que parece confuso, é bastante simples: as perspectivas negativas para a economia já estão precificadas na Bolsa de Valores. Isso significa que as principais empresas presentes na bolsa brasileira, como Vale, Petrobras e Ambev, apresentam um abatimento em seu valor para compensar os atuais desafios econômicos.

Esse desconto está diretamente ligado à crise de confiança que o Brasil vive. As dificuldades durante o governo Dilma fizeram com que investidores estrangeiros ficassem com um pé atrás na hora de investir no país. E o capital que vem de fora é muito importante para o desenvolvimento econômico brasileiro, uma vez que os estrangeiros são responsáveis por grande parte do volume financeiro movimentado na Bovespa.

Agora, imagine a potencialidade que o mercado de ações oferece nesse momento: o fim do impeachment possivelmente trará mais estabilidade política ao Brasil, fazendo com que o capital estrangeiro retorne com mais força. Como as ações das empresas nacionais estão com um preço mais barato, essa pode ser uma chance única de valorização!

Quer um exemplo real de como isso pode se tornar realidade? Há cerca de duas décadas, o Brasil viveu uma situação semelhante no Impeachment de Fernando Collor de Mello. Após o processo, ocorrido em 1992, a bolsa brasileira teve valorização em dólares de 2750% num período de seis anos. Mais recentemente, outro fato na economia também ofereceu oportunidades excelentes: depois da crise em 2008, a Bovespa cresceu mais de 220% em cerca de um ano.

Essas circunstâncias abriram possibilidades para que muitos investidores brasileiros acumulassem verdadeiras fortunas. A melhor parte é que, nesse momento, o país passapor algo muito parecido com esses exemplos. Essa pode ser a maior oportunidade da década!

Sabe o melhor? Nos anos 1990, investir era algo mais complicado e burocrático. A boa notícia é que, agora, tomar decisões e definir onde aplicar e proteger seu dinheiro é muito mais fácil. Sistemas automatizados para realizar ordens de compra e venda de ações facilitam o dia a dia dos investidores. Hoje em dia, dá até para investir com poucos cliques no smartphone!

Ainda é muito cedo para dizer quais as reais consequências do impeachment em nossa economia, mas já é possível traçar uma estratégia de investimentos para aproveitar as ótimas chances de negócios que estão por vir.

O mercado de ações possui grande potencial de retorno. Então, desfrute do que ele pode oferecer e turbine seus ganhos! Fique atento aos próximos acontecimentos em âmbitos nacional e internacional, estude o mercado financeiro a fundo e defina um plano de investimentos de acordo com seus objetivos.

Essa é a hora de ver na prática como o impeachment pode influenciar seus investimentos e se beneficiar disso. Você vai perder essa chance?

Autora: Ana Cláudia Inez. Graduada em Relações Públicas e mestre em Processos Comunicacionais. Integrante da equipe de comunicação da Toro Radar, é responsável pela comunicação e relacionamento da empresa com parceiros em todo o país.


Um comentário sobre “Como o impeachment pode influenciar seus investimentos?

  1. Investidor disse:

    Eu que não vou esperar mais, já comecei a investir meu suado dinheiro, mesmo que pouco em algumas opções de renda fixa. Fazendo algumas simulações de investimento, dá pra conseguir um bom rendimento longe da poupança. Recomendo!

    Jose Neto, investidor iniciante.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *