Erros comuns na academia

Para ter um bom resultado, é preciso seguir as orientações corretas

A busca por um corpo mais bonito, saudável e definido é mais comum quando o verão se aproxima. “É normal ver um número maior de pessoas na academia quando se chega mais perto do fim do ano, mas os exercícios deveriam ser feitos o ano todo”, comenta a personal trainer Camila Lopes.

Com a urgência de conquistar um corpo bonito para vestir biquíni e sunga à vontade, várias pessoas cometem erros ao se exercitar. “Fazer atividades de maneira incorreta pode causar lesões articulares e musculares e, claro, a diminuição do desempenho e dos resultados nos treinamentos”, explica Lopes.

Os professores da Academia Fitness UP, da Universidade Positivo, Wilson Menocin e Cesar Macuco, listaram os erros mais comuns cometidos nas academias:

– exercícios feitos com carga acima do necessário para os objetivos propostos

– exercícios feitos com técnica errada

– programas de treino fora do objetivo do aluno

– exercícios de alongamento fora da intensidade adequada para os objetivos propostos

– programas de exercícios fora da intensidade desejada para seu objetivo primário

– programas de exercícios muito longos e/ou muito curtos

– falta de controle postural na execução dos exercícios

“Esses erros podem causar complicações e desvios posturais, prejudicar articulações e causar dores e lesões musculares”, conta Menocin.

Para não prejudicar o corpo e os exercícios, é fundamental o acompanhamento de um profissional e também procurar entender mais sobre as técnicas. “O profissional estudou para estimular todos os músculos do corpo, prevenindo, assim, problemas futuros. Os músculos precisam de estímulos variados, só assim eles se desenvolvem”, elucida a personal.

Camila Lopes ainda explica que é muito importante que as pessoas intercalem musculação com atividades aeróbias, pois “apenas com o levantamento de peso, a capacidade do sistema de oxigenação e aceleramento cardíacos não são atingidos como nos exercícios aeróbicos, os quais contribuem para a perda de peso e maior condicionamento físico”, diz. “Além da musculação, existem as opções de treinamento funcional e CrossFit, sempre levando em conta sua capacidade física”, completa.

Contudo, quem se dedica apenas ao exercício cardiovascular precisa fazer musculação para evitar lesões. “E outras medidas preventivas são respeitar o intervalo entre as séries para os músculos descansarem e sempre alongar ao final deles”, esclarece Lopes.

Exercícios físicos não fazem milagres. Por isso, atividades gradativas em conjunto com alimentação balanceada são a melhor aposta para um corpo saudável e bonito. É preciso também tomar cuidado com profissionais que indicam suplementos, pois isso é trabalho do nutricionista ou nutrólogo, e procurar saber se o profissional de sua escolha é registrado no Conselho Regional de sua região.


Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *