Manual de Sistematização do Cuidado de Nutrição auxilia profissionais da área

Padronização nos atendimentos facilita diagnósticos por nutricionistas

Essencial para guiar a intervenção e avaliar os resultados do acompanhamento do paciente, a padronização de atendimento é uma demanda importante na área de Nutrição. Com o objetivo de suprir essa demanda e otimizar recursos, a Associação Brasileira de Nutrição (Asbran) lançou o Manual Orientativo: Sistematização do Cuidado de Nutrição – SICNUT.

Profissionais de Nutrição, principalmente os que trabalham na área clínica, sofrem com a falta de sistematização dos diagnósticos específicos à profissão. Muitas vezes, apenas desnutrição ou obesidade são diagnosticados por esse profissional, o que pode ser frustrante para os nutricionistas.

“Considero que o Manual Orientativo pretende nortear a conduta do profissional nutricionista, priorizando a atenção ao paciente que mais necessita de intervenção nutricional. Esse manual divide o plano do cuidado de nutrição em etapas entrelaçadas. Mais do que uma ferramenta profissional, busca padronizar e melhorar a atenção do paciente na área de nutrição clínica”, comenta Telma Souza e Silva Gebara, coordenadora da Pós-Graduação em Nutrição Clínica com Ênfase em Terapia Nutricional da Universidade Positivo.

Com a uniformização das competências do nutricionista, é possível identificar várias situações relacionadas à nutrição: digestão anormal causada por nutrientes específicos; características de má digestão; reservas de energias e nutrientes em déficit; entre outras. Além, é claro, de melhorar a comunicação com o paciente e facilitar o pagamento correto dos serviços prestados.

No manual, são descritas oito etapas para o cuidado de Nutrição:

  1. Triagem de risco nutricional
  2. Níveis de assistência em nutrição
  3. Avaliação do estado nutricional e metabólico
  4. Diagnósticos de nutrição
  5. Intervenção de nutrição
  6. Acompanhamento de nutrição
  7. Gestão em nutrição
  8. Comunicação

A sistematização contou com a colaboração de técnicos da Coordenação Geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde (CGAN) e da Associação de Nutrição do Estado do Espírito Santo (Anees), além de apoio do Congresso Brasileiro de Nutrição (Conbran) e da Artmed Panamericana.

De acordo com o site oficial, “a Asbran espera que o conhecimento científico e prático seja compartilhado e apropriado por centenas de profissionais em todo o país”.

Para visualizar o manual, acesse o link.


Um comentário sobre “Manual de Sistematização do Cuidado de Nutrição auxilia profissionais da área

  1. Maria disse:

    Muito bom artigo, como sempre! Quero parabenizá-lo.

    Uma pergunta que dizer sobre o uso de suplementos como o picolinato de cromo (neste blog falar sobre isso).

    Um abraço

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *