O cenário atual pode mudar o rumo dos investimentos pessoais

As notícias influenciam o mercado financeiro e é preciso ficar atento

O ano de 2016 tem dado continuidade a um momento de incertezas políticas e econômicas que já dura um bom tempo no Brasil. O que muitas pessoas ainda não sabem é que entender esse cenário é fundamental para não cair em verdadeiras ciladas na hora de realizar investimentos.

Nesse momento surgem excelentes oportunidades e saber analisar as informações que o mercado apresenta é primordial para que pisar em terreno sólido e com perspectivas de melhores resultados e maior segurança.

Portanto, para saber como investir dinheiro nos dias de hoje é necessário aliar análise técnica e fundamentalista a uma apurada leitura do momento atual e do que pode interferir em cada investimento.

Na Renda Fixa por exemplo, os investimentos normalmente são atrelados a algum indicador econômico e a escolha desalinhada com o cenário pode anular os lucros pessoais e provocar a desvalorização do patrimônio.

O que Waldir Maranhão tem a ver com a Petrobras?

Um exemplo claro dessa interferência das notícias e do cenário econômico no mercado de capitais ocorreu no dia 9 de maio, quando o presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão, declarou que anularia a votação que aprovou o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, provocando intensa volatilidade na Bolsa de Valores.

A tensão pôde ser notada em diversos ativos. Na própria manhã em que foi anunciada a decisão, o dólar disparou quase 5% e a bolsa recuou 3,5%.

O grande destaque ficou por conta das ações da Petrobras (PETR4), que tiveram nesse dia uma oscilação de quase 14%, encerrando com queda de 1,3%. Para tangibilizar o quanto essa oscilação foi impressionante, o valor médio das ações PETR4 em 2016, em vias normais, é de aproximadamente 6,74% ao dia.

Oscilações como essas certamente provocaram grandes prejuízos a investidores desatentos. Por outro lado, aqueles que entendiam os seus impactos ou contavam com uma orientação profissional em seus investimentos podem ter alcançados resultados surpreendentes em estratégias que se aproveitam desses repiques do mercado, como as operações contra-tendência ou as de Short Selling.

E o afastamento de Dilma Rousseff, o que refletiu no mercado?

Os desdobramentos do processo de impeachment tiveram um marco no dia 12 de maio, com o consequente afastamento da presidente. E esse foi um dia que provou mais uma vez que não basta se guiar pelas notícias e sim entender qual seu impacto no mercado, relacionando com consistentes análises técnica e fundamentalista.

Muitos investidores confiaram que esse momento seguiria a linha de intensa volatilidade e a forma como a bolsa estava respondendo às etapas anteriores do processo, deslumbrados com um possível movimento de alta.

O que aconteceu foi que, diferente de um caso imprevisível como a decisão de Waldir Maranhão, a bolsa já vinha precificando o impeachment e contando com o afastamento da presidente. Com isso o cenário não progrediu como alguns investidores esperavam, apresentando queda de aproximadamente 7% entre os dias 13 e 23 do mês de maio.

Saber como investir na bolsa vai além de reagir a alguma notícia do dia a dia, é necessário uma análise refinada dos investimentos frente aos indicadores do mercado. Por isso recomendamos que investidores busquem sempre por conhecimento e evitem decisões precipitadas ou passionais.

Dessa forma é possível alcançar bons resultados mesmo em um cenário de queda. E o mais importante, proteger o patrimônio.

 

Autoria
Márcio Placedino atua no mercado de ações há oito anos e é membro da equipe do Toro Radar desde 2010, na qual atua como consultor e analista. É administrador de empresas no IBMEC de Minas Gerais e Advogado formado na Universidade Federal de Minas Gerais. Possui a certificação de Planejador Financeiro CFP® – Certified Financial Planner, é Consultor de Valores Mobiliários registrado na CVM e Analista CNPI-T registrado na APIMEC.

 

 


Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *