Produção industrial enxuta: conheça o sistema Lean – por Agnaldo Guolo

Artigo produzido pelo coordenador de Pós-Graduação, Agnaldo Guolo

Menor tempo de entrega de produtos e serviços, qualidade elevada e baixos custos de produção. A proposta parece ambiciosa, mas é possível com a aplicação do sistema Lean: filosofia operacional criada pela fabricante de automóveis Toyota, que visa a aumentar a produtividade e eliminar desperdícios no fluxo de valor.

Ao mudar aspectos culturais e práticos organizacionais de uma empresa com base nessa filosofia, torna-se possível aumentar a produtividade, reduzir o tempo de entrega, eliminar perdas e tornar a produção da indústria mais enxuta e flexível, atendendo assim à demanda do cliente. No livro “O Sistema Toyota de Produção”, Taiichi Ohno – criador do sistema e diretor da Toyota durante os anos 1940 – ressalta ser indispensável uma revolução na consciência para que uma empresa evite o desperdício representado pela superprodução. Ohno acrescenta que a sociedade industrial deve desenvolver o bom senso e promover mudança de atitude, alterando assim a cultura da empresa. Com a implantação de um sistema de manufatura enxuta, é possível ampliar a autonomia dos funcionários.

Um dos pontos importantes dessa autonomia é que ela é vista como crítica no processo de mudança organizacional. Segundo o livro “A Máquina que Mudou o Mundo”, de James Womack e Daniel Jones, há alguns aspectos relevantes em uma fábrica enxuta:

  • A fábrica transfere o máximo de tarefas e responsabilidades para os trabalhadores que realmente agregam valor ao produto. Possui um sistema de detecção de defeitos que rapidamente relaciona cada problema, uma vez descoberto, a sua derradeira causa.
  • Para que isso ocorra, há necessidade de trabalho em equipe e de um sistema abrangente de informações, permitindo a qualquer um responder aos problemas e conhecer a situação global. Todas as informações da empresa são exibidas em quadros eletrônicos luminosos visíveis de todas as estações de trabalho. Nas antigas fábricas de produção em massa, os gerentes escondiam informações por verem nelas a chave para seu poder: esse é o tipo de comportamento que não pode ser mantido em uma fábrica que utiliza o sistema Lean.

Com a competitividade e a globalização, a aplicação de um conceito de gestão de produção eficiente torna-se imprescindível para a sobrevivência das empresas. Consequentemente, a capacitação e melhoria desses processos tornam-se cada vez mais desafiadores. A produção enxuta é um diferencial para atender às demandas do mercado e merece ser contemplada de forma mais contundente no planejamento estratégico e político das organizações.

Agnaldo Guolo é coordenador dos cursos de Pós-Graduação, Produção Enxuta e Projetos Automotivos, da Universidade Positivo.


2 comentários sobre “Produção industrial enxuta: conheça o sistema Lean – por Agnaldo Guolo

    • Betina Dias Ferreira disse:

      Olá, Jonas.

      As disciplinas do curso de Pós-Graduação em Produção Enxuta são:

      Planejamento estratégico – EAD

      Gestão de operações e logística – EAD

      Fundamentos da gestão de projetos – EAD

      Gestão para sustentabilidade e inovação

      Fundamentos da manufatura enxuta

      Gerenciamento de custos e investimentos

      Projeto do produto

      Manufatura classe mundial

      Manutenção produtiva total (MPT)

      Mapeamento e análise do fluxo de valor

      Ferramentas e indicadores de qualidade e produtividade

      Demais informações você encontra no site da Pós! http://www.up.edu.br/pos

      Abraços!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *