Unidade Mercês

Em 2015, a Universidade Positivo lança a unidade Mercês, que incorpora, além do espaço, a tradição da antiga Escola Vicentina Técnica de Enfermagem Catarina Labouré (Etecla), do Hospital Nossa Senhora das Graças. O prédio uma área total de 2.971 mil m2.

Faça um tour virtual e conheça a unidade:
 

Localização

 

Estrutura

•    16 salas de aula
•    Laboratório grande de Enfermagem
•    1 Biblioteca de Enfermagem
•    Auditório com capacidade para 170 pessoas

00/00

Câmpus Mercês - Catarina Labouré

Histórico

A Escola Vicentina Técnica de Enfermagem Catarina Labouré (Etecla) – Educação Profissional, agora incorporada à Universidade Positivo, foi fundada em 6 de maio de 1956, pela Província Brasileira da Congregação das Irmãs (filhas) da Caridade de São Vicente de Paulo, com o nome de Escola de Auxiliar de Enfermagem Catarina Labouré.

Em 28 de agosto de 1956, iniciou-se o funcionamento do curso de Auxiliares de Enfermagem. De 1956 a 1966, o curso funcionou nas dependências do Instituto Nossa Senhora das Mercês, na Av. Manoel Ribas, 1.130. A partir de 1966, com a criação do curso técnico de Enfermagem, passou a funcionar em dependência própria, na Rua Jacarezinho nº 1000, no bairro das Mercês, em Curitiba, atual localização.

O curso técnico de Enfermagem da Etecla foi o primeiro curso do gênero no país. A educação profissional ofertada foi reconhecida pela resolução secretarial n.º 1483/82, de 28 de maio de 1982 – SEED, e a denominação foi alterada para Escola Técnica de Enfermagem Catarina Labouré – ensino de 2º grau regular e supletivo.

Em 2012, a escola encerrou suas atividades educacionais. Durante seu período de atuação, formou mais de 7.000 profissionais da Enfermagem, em parceria com o Hospital Nossa Senhora das Graças, cuja atuação dava-se na formação técnico pratica (estágios) dos alunos da escola.