Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia Industrial


  • Áreas de Concentração:

    Agroalimentar e Ambiental
    Saúde

  • Público alvo:

    Agrônomos, Biomédicos. Biólogos, Bioquímicos. Biotecnólogos. Engenheiros de Bioprocessos, Engenheiros Bioquímicos, Engenheiros Biotecnológicos, Engenheiros Químicos, Engenheiros de Alimentos, Engenheiros Engenheiros Ambientais, Engenheiros Florestais. Farmacêuticos. Médicos, Médicos Veterinários. Nutricionistas. Químicos,e profissionais que atuam em áreas afins no setor produtivo brasileiro. .

Nível: Mestrado e Doutorado

Sobre o nosso curso


O Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia Industrial da Universidade Positivo, da modalidade Profissional, estimulado pelo avanço biotecnológico do Brasil, tem como objetivo principal formar mestres e doutores em Biotecnologia e propiciar condições para que profissionais já graduados possam se atualizar científica, pedagógica e profissionalmente. 

Para isso, o aluno aprofunda conhecimentos por meio de disciplinas estruturantes e do desenvolvimento de um projeto inovador, em uma das áreas de concentração: “Agroalimentar e Ambiental” e “Saúde”.  Na avaliação quadrienal (2013-2016), o curso de Mestrado foi avaliado com a nota máxima, conceito 5, pelo Conselho Técnico-Científico (CTC) da Capes. O curso de Doutorado, iniciado em 2019, foi aprovado pela CAPES e recomendado com a nota máxima, conceito 5.  

A Biotecnologia envolve o uso de processos celulares e biomoleculares para desenvolver tecnologias e produtos que ajudam a melhorar a qualidade de vida e a proteger o planeta. Apesar de contemplar atividades produtivas praticadas há mais de seis mil anos para o desenvolvimento de produtos alimentícios, como pão e queijo, e para a conservação de produtos lácteos, ganhou notoriedade somente nas últimas décadas, sendo considerada uma das áreas do conhecimento com maior potencial de trazer benefícios significativos à humanidade neste século. 

Na atualidade, a Biotecnologia oferece tecnologias inovadoras para a produção de alimentos, prevenção e tratamento de doenças, redução dos impactos ambientais, produção de fontes de energia renováveis e para o desenvolvimento de processos mais eficientes, seguros e limpos que envolvem a produção industrial.  

Recentes avanços constatados na área têm contribuído para o enfrentamento dos desafios mais imediatos da sociedade, entre eles: 

– Indústria farmacêutica: produção de antibióticos, enzimas, hormônios, vacinas, anticorpos monoclonais, kits para diagnósticos, formulação de produtos farmacêuticos etc. 

– Agricultura: produção debiofertilizantes, bioinseticidas, nematicidas e hormônios vegetais e desenvolvimento de plantas resistentes a pragas, estresse hídrico e temperaturas extremas e de cereais e tubérculos ricos em proteínas e vitaminas.

Área ambiental: tratamento biológico de efluentes sólidos, líquidos e gasosos.

Indústria de bebidas: fabricação de cerveja, vinho, cachaça, uísque, vinagre etc.

Produção de bioenergia: focando principalmente no aproveitamento de subprodutos da atividade agroindustrial para o desenvolvimento de biocombustíveis.

Indústria agroalimentar: produção de queijos, iogurtes, vinagres, fermentos, leites, alimentos fermentados, corantes naturais, polissacarídeos, espessantes etc.

–  Medicina veterinária: medicamentos, vacinas, rações, bioaditivos nutricionais, promotores de crescimentos, antibióticos, antiparasitários, produção de embriões etc.

Área florestal: multiplicação de plantas para a produção de papel, móveis etc.

Indústria cosmética: produção de insumos biológicos, produtos naturais etc.

 O Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia Industrial contempla as seguintes linhas de pesquisas, nas respectivas Áreas de Concentração:  

Área Agroalimentar e Ambiental:  

 1. Desenvolvimento de processos e produtos para valorização de matérias-primas e subprodutos da agroindústria brasileira, visando a produção de biocombustíveis, biopolímeros, alimentos, bebidas e biomoléculas, utilizando processos fermentativos, enzimáticos e ferramentas de biologia molecular. 

2. Desenvolvimento de processos tecnológicos para obiomonitoramentoambiental, biorremediação de áreas degradadas bem como tratamento de resíduos sólidos, líquidos e gasosos industriais.  

Área Saúde: 

1. Desenvolvimento e avaliação de novas tecnologias, sistemas, dispositivos, fármacos ebiofármacosna área biomédica, odontológica e veterinária para diagnóstico, monitoramento e tratamento, bem como para o aprimoramento e educação na área cirúrgica.  

2. Bioprospecção da flora brasileira e de microrganismos visando o desenvolvimento de produtos e processos para a prevenção e tratamento de doenças neurodegenerativas, metabólicas e dermatológicas, utilizando ferramentas de Biologia Celular e Biologia Molecular para experimentação in vivo e in vitro.

3. Desenvolvimento de novos produtos em cosmética edermatocosmética.

 

Ler Mais
Mais informações

Setor de Apoio Acadêmico

  • Áreas de Concentração:

    Agroalimentar e Ambiental
    Saúde

  • Público alvo:

    Agrônomos, Biomédicos. Biólogos, Bioquímicos. Biotecnólogos. Engenheiros de Bioprocessos, Engenheiros Bioquímicos, Engenheiros Biotecnológicos, Engenheiros Químicos, Engenheiros de Alimentos, Engenheiros Engenheiros Ambientais, Engenheiros Florestais. Farmacêuticos. Médicos, Médicos Veterinários. Nutricionistas. Químicos,e profissionais que atuam em áreas afins no setor produtivo brasileiro.

  • Coordenação

    Maura Harumi Sugai Guerios

Coordenação do Curso
Agroalimentar e Ambiental Saúde
Estrutura curricular Disciplinas Projetos em andamento
Calendário Institucional
Veja o calendário completo
Regulamento

Regulamento – Programa de Pós-graduação em Biotecnologia Industrial


Acesse aqui
  • Coordenação do Curso

    Coordenadora:
    Maura Harumi Sugai Guerios

     

     

     

    E-MAIL

    ppgbiotec@up.edu.br

  • Campus Ecoville

    Bloco da Pós-Graduação

    Setor de Apoio Acadêmico

    Seg a Sex, das 7h30 às 17h15